Padre foi preso em Osasco acusado de atentado violento ao pudor

Um padre foi preso em Osasco nesta quarta-feira (10) acusado de atentado violento ao pudor após, segundo denúncias, mostrar as partes íntimas para duas meninas de 8 anos no condomínio onde mora e convidá-las para entrar em seu apartamento.

Um padre foi preso em Osasco nesta quarta-feira (10) acusado de atentado violento ao pudor após, segundo denúncias, mostrar as partes íntimas para duas meninas de 8 anos no condomínio onde mora e convidá-las para entrar em seu apartamento.

De acordo com as acusações, as meninas brincavam próximo ao apartamento do padre Mauro Sérgio Rodrigues Maciel, que fica no térreo do condomínio, quando ele apareceu só de toalha, mostrou as partes íntimas e convidou as duas meninas para entrarem em sua residência. Elas ficaram assustadas, fugiram e chamaram os pais, que foram confrontar o religioso. “Minha filha chorava muito”, declarou a mãe de uma das vítimas ao “Cidade Alerta”, da Record TV.

O padre tentou fugir levando um notebook, mas foi impedido por vizinhos, que acionaram a polícia. O religioso acabou preso e conduzido ao 2º DP de Osasco, onde declarou que é inocente, que havia saído do banho e acabou passando nu em frente janela do apartamento quando as crianças o viram, sem que ele tivesse intenção disso, segundo o “Cidade Alerta”. O padre acabou liberado após pagar fiança de R$ 5 mil e vai responder em liberdade.